Conheça Tudo Sobre os Vinhos Chilenos

vinhos chilenos

Os vinhos chilenos ganham grande reconhecimento internacional
devido à sua qualidade, que tem crescido consideravelmente nos últimos anos.

O país tem grande variedade na produção vitivinícola e além disso é um dos mais importantes produtores da América Latina nesta categoria.

Um fator relevante para a qualidade dos vinhos chilenos foi a colonização feita por europeus no século XVI.

,De acordo com especialistas, os missionários foram responsáveis por levar sementes de uvas ao país.

Outro grande avanço nos vinhos chilenos aconteceu na década de 1980, quando vinicultores investiram, ainda mais, em suas vinícolas.

Um dos exemplos conhecidos é Miguel Torres, produtor Espanhol, que fez grande diferença na região.

Regiões dos Vinhos Chilenos

Os vinhos chilenos podem variar bastante por causa de sua localidade. Algumas regiões são mais fortes no cultivo de uvas, enquanto outras têm seu diferencial na produção de vinhos.

Os principais Vales Chilenos hoje são: Casablanca excepcionais vinhos brancos; Aconcagua ao norte de Santiago; Colchagua Maule; Rapel, Maipo, Curicó ao sul de Santiago na parte do Chile denominada Vale Central e Limari no extremo norte do Chile e uma região em ascensão.

As Uvas do Chile

Para a produção dos vinhos chilenos, algumas uvas têm maior
destaque. Mesmo produzidos com castas internacionais, os vinhos chilenos ganham
características únicas devido ao terroir encontrado na região.

Saiba quais são as uvas mais plantadas no Chile e suas
principais características na produção de vinhos.

Cabernet Sauvignon

A casta mais cultivada no País é a Cabernet Sauvignon, uma
das uvas tintas mais populares no mundo, que no Chile representa 38% do total
de uvas cultivadas.

O vinho chileno com a Cabernet Sauvignon é mais leve e menos tânico. Apresenta também sabores de frutas negras e especiarias, como pimenta.

Os vinhos de maior valor com esta uva estão no Vale Central, com destaque para o Vale do Maipo, que produz vinhos mais ousados. Colchagua e Vale de Rapel apresentam vinhos elegantes com esta uva.

vinhos chilenos

Sauvignon Blanc

Para produção de vinhos brancos chilenos, a Sauvignon Blanc é a
casta branca mais cultivada. Em Casablanca, por exemplo, esta tem grande expressão
para produção vinícola.

A Sauvignon Blanc no Chile produz vinhos com notas de limão, pêssego e toranja. Assim também seus vinhos são conhecidos por terem final prolongado e com estilo mais maduro.

Carménère

Ela é originada da região de Bordeaux, na França. O desempenho desta variedade é influenciado por verões quentes e alta insolação, além disso é típico de terras chilenas.

Primeiramente a Carménère foi confundida com a Merlot no Chile, devido às características similares entre estas uvas. Elas têm corpo leve e suculento, além de apresentarem sabor de frutas negras.

A grande diferença é que a Carménère, diferente da Merlot, tem um composto de aromas chamado de Pirazina. Esse elemento sobretudo dá ao vinho notas salgadas, de pimentas pretas, pimentão e cacau.

No Chile, a Carménère é uma das uvas mais valiosas da região e é certamente uma excelente produção para vinhos gastronômicos.

Chardonnay

Outra uva de destaque no Chile é a Chardonnay. Nesta região, os sabores lembram aos da Califórnia, com notas de frutas tropicais. O vinho chileno com esta uva tem toques minerais como por exemplo de abacaxi, pêssego e limão.

Syrah

A Syrah está fazendo bons vinhos em terras chilenas. Devido ao bom clima no Chile, esta uva consegue se expressar com vinhos carnudos e notas de frutas vermelhas e negras. Apresenta também um caráter mais elegante.

Esta uva teve melhor desempenho nas regiões do Vale Central e Vale de Rapel. Ela também faz blend com a Chardonnay e além disso produz ótimos vinhos na região de Casablanca e em Aconcagua.

Pinot Noir

A Pinot Noir alcança bom desempenho no país, com vinhos que apresentam notas de ameixa, cereja preta e pimenta.  Geralmente, os vinhos chilenos Pinot Noir têm aromas florais e são redondos, suaves e com baixa concentração de taninos.

Acredita-se que onde a Chardonnay cresce também é favorável para
a Pinot Noir. No Chile, esta uva apresenta boa concentração, principalmente em
Aconcagua, Casablanca, Vale del Limari, entre outros.

Por fim agora que você conheceu mais sobre a história da vitivinicultura chilena, seus vinhos e regiões, que tal experimentar um bom vinho?

Para adquirir ou saber mais sobre os mais diversos vinhos da Casa Montalegre, compre agora pelo site ou entre em contato através dos nossos telefones: (11) 2651-7045 (Loja Física) ou (11) 2654-2819 (Loja Online).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *