Degustação de Vinhos em São Paulo: Conheça os Melhores Vinhos na Casa Montalegre

Não dá para negar que vinho é um assunto complicado, então separamos dicas para uma Degustação de Vinhos em São Paulo.

É comum ouvirmos alguém sempre falar sobre tipos de vinho. Muitas vezes, a pessoa pode estar se referindo à classificação.

A classificação de um vinho é feita através de alguns fatores, como:

Variedades de Uva

Primeiramente para uma boa degustação de vinhos, saiba que existem mais de 8000 variedades de uvas existentes.

São originárias de diversos países diferentes, muitas com sabores muito particulares.

Tipos De Vinho

O vinho é uma bebida muito sofisticada e que apresenta várias características que ajudam a definir seu sabor.

Como por exemplo: aroma, coloração, produção, tipo de uva e até gradação alcoólica.

Por isso, é possível classificar cada vinho de diferentes maneiras.

Ao escolher um vinho para servir, é interessante conhecer essas informações, optando por aquela bebida que mais agrada o seu estilo de paladar.

Degustação de Vinhos em São Paulo

Os principais tipos de vinhos são:

Vinho Tinto

O vinho tinto varia tons de vermelho dependendo do tipo de uva e do método de produção.

A variedade mais famosa é a Cabernet Sauvignon.

Uva de fácil cultivo, que se adapta-se certamente nas mais distintas regiões e produz bons frutos para a vinificação.

Medicina e vinho tinto: Os polifenóis presentes na casca da uva tinta, ajudam a eliminar toxinas presentes em alimentos gordurosos.

Branco

Produzido a partir de uvas brancas, é um vinho ideal para acompanhar peixes e frutos do mar.

O vinho branco é leve e refrescante, perfeito para ser apreciado nos dias mais quentes.

A rainha das uvas brancas é a Chardonnay.

Uva de fácil cultivo, que se espalhou por todo o mundo.

Além de vinho branco, é a principal variedade usada na produção de espumantes e champanhes.

Medicina e vinho branco: As substâncias presentes no vinho branco reduzem a tendência ao desenvolvimento de osteoporose e artrite reumática.

Rosé

É o vinho de cor rosada, ideal para ser consumido em dias de verão.

O vinho rosé pode ser feito de diversas maneiras, mas a tradicional e usada em regiões com tradição em sua elaboração o fazem com uvas escuras.

Apesar disso, ele não é vinificado como o vinho tinto, mas sim como o branco.

Pois tem características muito mais parecidas com este do que com o primeiro.

Sua cor é rosada porque o mosto, que é o suco da uva pois fica em contato com a casca com um período bem curto.

Espumantes

O espumante não estaria enquadrado na classificação da cor, mas é sempre mencionado entre os tipos de vinho como uma opção ao tinto, branco ou rosé.

Espumante é um vinho com borbulhas (provenientes do gás carbônico)

Especificando um pouco mais, pode-se dizer que espumante é todo vinho que passa por duas fermentações.

Ou seja, a primeira que é a comum a todos os vinhos.

Quando o açúcar se transforma em álcool, e mais uma, a que produz as deliciosas borbulhas.

Além de todos esses fatores, é importante considerar as uvas e as safras quando se fala em degustação de vinhos em São Paulo.

Na Degustação de vinhos é necessário prová-los com atenção, procurando sempre analisar suas qualidades através da visão, olfato e paladar.

Analisar um vinho nos ajuda a formar uma memória de aromas e sabores que será muito útil na compra de futuros vinhos.

Degustação de Vinhos Em São Paulo: Analisando

A primeira observação diz respeito à aparência geral da bebida.

É muito importante certificar-se de que o vinho esteja límpido e brilhante, antes de realizar quaisquer outras análises.

Partículas flutuando na taça ou turbidez podem indicar algum defeito na bebida (exceto em vinhos que não foram filtrados na vinícola).

Além disso, degustadores experientes costumam identificar pistas sobre a idade do vinho e as uvas que o compõem, apenas observando sua cor.

A análise olfativa também é considerada uma etapa importante para a apreciação de vinhos finos e deve ser feita com cautela.

Se possível, realize a análise olfativa em local neutro, sem a presença próxima de elementos que possam interferir nos aromas da bebida.

Por fim o item gustativo, onde a análise compreende a identificação de todos os aspectos de sabor de um vinho.

Como por exemplo doçura, acidez, taninos, álcool, corpo, final de boca e qualidade geral da bebida.

Para adquirir ou saber mais sobre os mais diversos vinhos da Casa Montalegre, compre agora pelo site ou entre em contato através dos nossos telefones: (11) 2651-7045 (Loja Física) ou (11) 2654-2819 (Loja Online).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *