Prosecco e Cava: Quais são as diferenças que se destacam?

prosecco

É muito comum nomearmos qualquer espumante de Champagne, porém os espumantes diferem entre si no sabor, processo de fermentação e uvas usadas.

Os mais conhecidos  no mundo são: a Champagne, o prosecco e a cava.

A terminologia espumante emprega-se aos vinhos que provém de uma fermentação alcoólica conduzida em recipiente fechado.

As borbulhas de CO2 que se formam durante o serviço são denominadas perlage.

Em alguns lugares do mundo a palavra Champagne é usada como sinônimo de espumante, o que é vedado inclusive por algumas legislações.

Os deliciosos espumantes costumeiramente presentes em importantes celebrações.

Associados às confraternizações, são uma bebidas sofisticadas saborosa e que agradam a maioria dos convidados.

Diferenças entre Champagne, Prosecco e Cava

Champanhe

Na realidade, apenas espumantes feitos na região de Champagne localizada no norte da França podem ser chamados de Champagne. 

A Champagne é produzida através de um método tradicional que envolve incluir mais fermento e açúcar à base do vinho, e então engarrafar o espumante para a segunda fermentação.

Durante este processo de segunda fermentação, o vinho fica em uma mesa com furos (inventada pela Madame Clicquot) que permite a inclinação ideal da garrafa.

Assim acontece a purificação da bebida, que ao ser girada manualmente e mantida inclinada, elimina os restos de levedura e sedimentos.

A partir daí, a garrafa é congelada, aberta, e então lacrada com a rolha novamente.

Prosecco

Prosecco é o espumante italiano originário do Nordeste mais conhecido e compete diretamente com a Champagne em popularidade.

O prosecco é feito na região de Veneto, na Itália e a produção se difere da Champagne por ter sua segunda fermentação (que cria as bolhas) feita em tanques de aço, ao invés de dentro das próprias garrafas.

Isto faz com que o sabor do prosecco seja mais suave e menos fermentado. 

Prosecco geralmente é mais doce, com bolhas maiores e mais espalhadas, com notas de maçã, pera, limão, florais e tropical.

Cava

Apesar das uvas serem diferentes, o método utilizado para a produção da Cava é bem parecido com o da Champagne.

A segunda fermentação da Cava é feita dentro da própria garrafa, entretanto por estar fora da região francesa, o método é conhecido como méthode traditionnelle.

O que difere a Cava da Champagne, além das uvas e região, é a mecanização do processo da segunda fermentação.

Enquanto para a Champagne a técnica de girar e inclinar as garrafas são feito manualmente, o da Cava é feito por máquinas.

Por ficar menos tempo na segunda fermentação, a Cava tem notas cítricas, de melão, pêra e uma agradável acidez, menos do que a Champanhe.

(Clique aqui para saber mais)

Para adquirir ou saber mais sobre os mais diversos vinhos da Casa Montalegre, compre agora pelo site ou entre em contato através dos nossos telefones: (11) 2651-7045 (Loja Física) ou (11) 2654-2819 (Loja Online).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *